PLANTÃO. Homem é preso após assaltar farmácia e tentar matar policial. Tentativa de feminicídio no Passo D’Areia – FM 102.7 Mhz – A Gigante Do Rádio | Santa Maria – RS
loading...

PLANTÃO. Homem é preso após assaltar farmácia e tentar matar policial. Tentativa de feminicídio no Passo D’Areia

0 6

ACIDENTE

Um homem ficou gravemente ferido após acidente entre uma motocicleta e um veículo, na madrugada desta quinta-feira (10), na BR-392, em Santa Maria. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), por volta das 4h, o motorista d o veículo Ford Ka tentou realizar a conversão na rodovia, mas acabou atingindo a motocicleta que trafegava no mesmo sentido. Ambos veículos tem placas de Santa Maria. O motorista do Ford Ka ainda teria se evadido do local sem prestar socorro ao motociclista. O Samu atendeu o homem, mas, devido à gravidade dos ferimentos, o mesmo foi encaminhado ao Hospital Universitário de Santa Maria (HUSM), para uma cirurgia de emergência. Ainda não há informações sobre o estadod e saúde da vítima.

FEMINICÍDIO

A Brigada Militar atendeu a uma tentativa de feminicídio na madrugada desta quinta-feira (10), no Bairro Passo D’Areia. De acordo com a ocorrência da Polícia Civil, uma guarnição da Brigada Militar foi acionada para comparecer na Rua Aristides Lobo, no local conhecido como Beco do Moinho, onde uma mulher teria sido atacada e esfaqueada pelo companheiro, por volta das 2h20min. Ao chegar no local, constataram que uma mulher de iniciais P.R.F. estava deitada no sofá de uma residência com ferimentos de arma branca na barriga, na perna, na mão e na cabeça, além de um hematoma no olho. A vítima ainda relatou que estava dormindo quando seu companheiro, de iniciais J.F.D.S. arrombou a janela do quarto e lhe atacou com golpes de faca. Segundo a mulher, o indivíduo ainda estaria embriagado e, possivelmente, drogado no momento do crime. O autor das agressões permanecia no local dos fatos, e, ao ser abordado, foi constatado que o mesmo portava uma lâmina na cintura, que teria utilizado no ataque. A Samu foi chamada e encaminhou a vítima à Unidade de Pronto Atendimento (UPA). O indivíduo foi encaminhado à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) e, após, Penitenciária Estadual de Santa Maria (PESM).

ASSALTO I

Um homem de 33 anos é preso após praticar roubo a estabelecimento e tentar matar um policial. Segundo a Brigada Militar, o indivíduo, de iniciais N.A.F.O., de 33 anos, praticou um roubo a uma farmácia situada na Avenida Presidente Vargas, por volta das 21h35min. Armado de faca, ele rendeu os funcionários e pegou dinheiro do estabelecimento. Enquanto o homem praticava o crime, a Brigada Militar foi acionada pelo 190 e em tempo hábil se deslocou ao local do assalto. Ao perceber a aproximação da guarnição, o indivíduo escondeu-se atrás do balcão da farmácia. Uma das pessoas que estava no local sinalizou aos policiais que o meliante estaria agachado atrás do balcão. Ao perceber a aproximação, o indivíduo levantou-se e, de faca em punho, atacou o policial. Entrando em luta corporal, o meliante foi dominado e, ao cair, bateu com a cabeça no chão. O homem foi conduzido à Unidade de Pronto Atendimento (UPA), para verificar o ferimento, onde foi liberado pelos médicos, foi encaminhado à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), e após à Penitenciária Estadual de Santa Maria (PESM).

ARMA DE BRINQUEDO

Um indivíduo de 25 anos foi preso pela Brigada Militar na tarde desta quarta-feira (09), no Centro de Santa Maria. O homem também estava foragido do sistema prisional. Segundo a Brigada Militar, o indivíduo foi abordado em via pública, por volta das 16h, na Rua André Marques. Após a revista corporal, os policiais constataram que o mesmo portava, em sua cintura, um simulacro de arma de fogo. Ao pesquisar no sistema prisional policial, foi constatado que o mesmo era foragido da Penitenciária Estadual de Santa Maria (PESM). Além disso, o homem possui passagens por homicídio, roubo a pedestre, furto qualificado, lesão corporal e ainda é suspeito de roubar dois notebooks em um estabelecimento comercial na Rua Tuiuti, na última segunda-feira (7). O indivíduo foi encaminhado à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) e, após, retornou ao sistema prisional.

ASSALTO II

Um adolescente de 16 anos foi assaltado por um casal nas proximidades do Avenida Tênis Clube, na madrugada desta quarta-feira (9). Segundo a Brigada Militar, o jovem, de iniciais S.D.T., de 16 anos, caminhava em via pública, na Avenida Dois de Novembro, próximo ao cruzamento com a Avenida Borges de Medeiros, quando foi atacado por um casal. Do adolescente, foi levado um aparelho celular. Após praticarem o roubo, os bandidos fugiram do local em direção à Borges de Medeiros. Após a Brigada Militar ser acionada e realizar buscas com a vítima, o casal foi localizado na avenida, de posse do objeto roubado, mas, apenas a mulher, de iniciais M.S.S.F., de 21 anos, foi reconhecida pela vítima. Enquanto a viatura se deslocava para a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), o outro autor do crime foi avistado, que, ao ver os policiais, empreendeu em fuga e não foi pego. A mulher de 21 foi autuada em flagrante, encaminhada à DPPA, e após, ao Presídio Regional de Santa Maria.

CONDENAÇÃO

No início da tarde desta quarta-feira (9), o Tribunal Popular do Júri condenou, a 3 anos e 3 meses de prisão, um homem de 34 anos por lesão corporal grave. O crime ocorreu no dia 16 de outubro de 2015, no estacionamento de uma farmácia, que fica no cruzamento da Rua Floriano Peixoto com a Avenida Presidente Vargas. Segundo Boletim de Ocorrência, dois indivíduos do município de Jari teriam se desentendido e trocado tiros no estacionamento do local. O indivíduo, de iniciais L.F.D.S.M., hoje com 34 anos, foi julgado e absolvido nesta quarta por do crime de tentativa de homicídio, pois, no momento do tiroteio, um sargento da Brigada Militar teria sido atingido com um disparo de arma de fogo, após o acusado também ter sido atingido com uma pistola Taser de choque. No entendimento do júri, ele foi absolvido da tentativa de homicídio, na qual foi inicialmente indiciado, mas fora condenado a 3 anos e 3 meses por lesão corporal grave. Como o mesmo já havia cumprido a pena na Penitenciária Estadual de Santa Maria (PESM), também na tarde desta quarta-feira (9), o homem de 34 anos foi solto. Segundo o Defensor Público, Juliano Ruschel, o entendimento dos jurados foi o mesmo da Defensoria e da Promotoria Pública. O Doutor Ulysses Fonseca Louzada, da 1ª Vara Crime de Santa Maria, que presidiu o júri, declarou no encerramento que “nos dias de hoje principalmente, quando cada um faz sua parte sendo justo, podemos ter a verdadeira justiça”.

Central de Jornalismo – Rodrigo Thiel (MTB 18.713)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *