PLANTÃO. Menino de nove anos confessa disparo acidental que matou colega de oito anos de idade – FM 102.7 Mhz – A Gigante Do Rádio | Santa Maria – RS
loading...

PLANTÃO. Menino de nove anos confessa disparo acidental que matou colega de oito anos de idade

0 7

CONFISSÃO

A morte do menino Lázaro Augusto Fernandes Peres, de oito anos, fato ocorrido por volta das 12h30 do último dia 19, no pátio de uma residência de um amiguinho, na Rua Dom Pedrito, no bairro Caturrita, foi acidental. O menino morreu vítima de um disparo de arma de fogo, que lhe atingiu o rosto, enquanto brincava com o coleguinha, de nove anos de idade. O inquérito foi concluído na tarde desta sexta-feira (29) e será remetido à Justiça. Nele, a delegada Luiza Souza aponta o menino de nove anos como autor do disparo acidental. Ele confessou que atirou sem querer em Lázaro e depois, enquanto mostrava a arma. Após o disparo, o menino arrastou o corpo de Lázaro pelos pés até o pátio da residência e usou panos para limpar o sangue no interior da casa. Segundo a delegada, ele mentiu com medo dos pais serem presos. O menino será encaminhado ao Conselho Tutelar para medidas protetivas. O pai do garoto acabou sendo preso por porte ilegal de arma, visto que o revólver tinha registro de furto.

TENTATIVAS DE HOMICÍDIO

A Brigada Militar atendeu a duas tentativas de homicídio nesse domingo (1). Às 17h30, na Rua Erotildes Costa, no Bairro JK, a vítima levou dois tiros e foi levada para o Husm. A irmã da vítima disse que encontrou o irmão baleado pedindo socorro. Ele foi atingido na perna e braço e identificado como Jean Vicente da Silva, de 19 anos. O outro caso foi às 19h, na Rua Ari Nunes Tagarra, Bairro Dores. Houve uma discussão durante uma briga de casal, quando um indivíduo arremessou uma lata de cerveja num veículo. O dono do carro foi tirar satisfações e deu um soco em uma das pessoas envolvidas na confusão, que retorno ao local armado e efetuou vários disparos de arma de fogo, atingindo três vezes o dono do veículo e uma outra pessoa que estava no local. Após os fatos o agressor, inicialmente identificado como Maurício fugiu do local. As vítima, identificadas como Flávio Kruber Cabral, de 38 anos; e Luiz Antônio Silva de Almeida, de 40 anos, foram encaminhadas para atendimento no Hospital Universitário.

MORTE

Um homem foi morto com um tiro na nuca na noite desse domingo (1) em Cacequi, na região da Central do Estado. O crime aconteceu no Centro do município, por volta das 19h. De acordo com a Brigada Militar, Gilmar Pereira Vargas, de 39 anos, estava em um cancha de jogo do osso e discutiu com o dono do local que efetuou o disparo.  A polícia faz buscas ao suspeito do crime. O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de São Gabriel. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil, que tomará depoimentos de testemunhas nesta segunda-feira (2).

Central de Jornalismo – Fabricio Minussi (MTB 11.110)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *