loading...

Defesa Civil em alerta para a possibilidade de temporal com granizo, nesta segunda (11)

0 6

As forte rajadas de vento durante a madrugada dessa segunda-feira (11) deixam parte dos moradores do Bairro Tomazetti sem energia elétrica. Além disso, parte de uma árvore foi arrancada com a força do vento, na Pra Saturnino de Brito, no Centro de Santa Maria. O galho caiu para dentro do logradouro público, quase atingindo o posto dos taxistas no local. Ninguém ficou ferido.

Já o semáforo na Avenida Medianeira, em frente à Basílica, está apresentando problemas. Pede-se cautela aos motoristas que trafegam pelo local. Na esquina da Rua Floriano Peixoto com a Avenida Presidente Vargas a sinaleira encontra-se com o amarelo intermitente. No Bairro Chácara das Flores, ouvintes relatam queda de postes ao logo da Rua das Marcelas. Estima-se que as rajadas de venti durante a madrugada ultrapassaram os 70 quilômetros por hora. Nesse momento, a Prefeitura de Santa Maria, através da Defesa Civil Municipal, faz o levantamento da situação no município.

OUÇA O RELATO DO OUVINTE

Em entrevista na manhã de hoje ao programa Rádio do Povo, com Clédio Calegaro, o coordenador da Defesa Civil Municipal, Cladimir Nascimento, falou sobre o atendimento do órgão à população.

OUÇA A ENTREVISTA COM O COORDENADOR DA DEFESA CIVIL

A Defesa Civil Municipal coloca à disposição da população o telefone 153 da Guarda Municipal para o comunicado de ocorrências relacionadas à chuva e ventos mais intensos.

ESTRAGOS NA REGIÃO DA SERRA

Chuvas e ventos intensos atingiram municípios da Serra e do Norte do Estado no fim da noite deste domingo. Em Carazinho e Não-Me-Toque, no Noroeste, a ventania deixou casas destelhadas, além de diversos estabelecimentos sem luz. Em Caxias do Sul, Bento Gonçalves e Gramado, na Serra, os bombeiros registraram quedas de árvores, incêndios e destelhamento de casas. Houve relatos de queda de árvores em diversas rodovias gaúchas, como na BR 470, em Bento Gonçalves; na RST 453, em Caxias do Sul; e na RS 115, em Gramado. Em São Francisco de Paula, conforme o Corpo de Bombeiros, a ventania durou cerca de uma hora, deixando um rastro de árvores e postes caídos, além de destelhamentos de casas. Até as 23h30, quatro equipes de bombeiros – de Igrejinha, Três Coroas e Canela – trabalhavam na região para desobstruir estradas, remover postes caídos e ajudar moradores.

Central de Jornalismo – Fabricio Minussi (MTB 11.110)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *