loading...

Prefeito avisa aos vereadores que não irá prestar depoimento na CPI das Parcerias

0 2

O prefeito Jorge Pozzobom (PSDB) disse não ao convite da CPI das Parcerias, que buscava colher o seu depoimento para encerrar os trabalhos. Diferente de outros membros da Administração Pública, o prefeito não é obrigado a comparecer à comissão. Por este motivo, foi feito um convite e não uma convocação.

A resposta do prefeito foi protocolada no Legislativo. Na resposta, Pozzobom deixa claro que não se nega a falar sobre o assunto, mas não na Câmara. Nos últimos dias, lideranças tucanas recomendavam o prefeito a não aceitar o convite, por entender que a oitiva se tornaria um palco político.

Vereador denuncia suposto uso irregular de máquinas da Prefeitura em área particular

Se aceitasse, o tucano teria que testemunhar no Plenário, acompanhado pela imprensa e estaria sujeito a inúmeros questionamentos do líder da oposição e presidente da CPI, Valdir Oliveira (PT). Ou seja, o desgaste em sua imagem seria evidente. De acordo com Valdir, o relatório da comissão começará a ser elaborado esta semana. A negativa do tucano será incluída no documento.

Também integram a comissão os parlamentares João Kaus (PMDB), vice-presidente; e Jorge Trindade – Jorjão (Rede), relator. A comissão foi formada para investigar possíveis irregularidades na utilização de máquinas e servidores públicos em uma propriedade particular após uma denúncia do vereador Marion Mortari (PSD) no Facebook.

Central de Jornalismo – Fabricio Minussi (MTB 11.110)

Com informações de Maiquel Rosauro / Site Claudemir Pereira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *