loading...

Vídeo gravado no Whatsapp ajuda Polícia Civil a desvendar assassinato de taxista

0 5

Foi preso temporariamente na noite desta quarta-feira (7), pela Polícia Civil, um jovem de 19 anos de idade, suspeito de envolvimento na morte do taxista José Carlos Flores, de 69 anos. Ele, que trabalhava no ponto da Estação Rodoviária de São Pedro do Sul, foi encontrado morto, carbonizado, dentro do veículo que havia sido roubado.

A Polícia chegou ao jovem, identificado como Mikael Lopes da Silva, graças a imagens de câmeras de segurança, testemunhas e um vídeo gravado pelo rapaz no aplicativo Whatsapp, dentro do veículo roubado da vítima.

O jovem, que acabou confessando o crime, foi encaminhado para o Presídio de São Vicente do Sul, onde permanecerá à disposição da Justiça. O corpo do taxista foi encontrado pela Polícia no dia 1º de março, numa estrada no interior de São Vicente do Sul. O inquérito ficou aos cuidados do delegado Jun Sukekawa.

Central de Jornalismo – Fabricio Minussi (MTB 11.110)

Foto: BM / Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *